Coffee Expertise

Skip to menu Skip to content

Topo

O CAFÉ NA NESPRESSO

A VIAGEM
ATÉ À PERFEIÇÃO

O café perfeito não surge por acaso. Desafiamos constantemente os nossos limites em cada etapa da longa cadeia de valor, desde a árvore até à chávena, e criamos propositadamente os nossos Grands Crus para que possa ter agradáveis momentos de degustação.

Descubra a Experiência

O café perfeito não é algo que possa ser deixado ao acaso


O prazer do café perfeito não acontece por acaso: tem de ser deliberadamente criado, consistentemente e sem concessões, chávena após chávena, dando-lhe vida segundo os nossos princípios.

Ao longo do complexo caminho desde o grão até à chávena existem formas mais rápidas e certamente mais baratas do que aquelas que seguimos. Mas não existe uma forma melhor. Sabendo que um só grão defeituoso pode comprometer um lote inteiro, o nosso controlo de qualidade é feito grão a grão – com a dedicação deliberada para que todas as etapas da longa viagem sejam processadas da melhor forma.

Perguntam-nos frequentemente por que chamamos aos nossos cafés Grands Crus?


Sendo o conceito agrícola mais aproximado daquele como vemos os nossos cafés, inspirámo-nos no mundo do vinho. Na indústria de vinho, o termo Grand Cru apenas pode ser dado aos vinhos com a classificação de qualidade mais elevada.

Começamos na origem com cafés de primeira qualidade que atendem a rigorosos critérios físicos e perfis de degustação específicos, necessários para compor os nossos inconfundíveis Grands Crus.Começamos na origem com cafés de primeira qualidade que atendem a rigorosos critérios físicos e perfis de degustação específicos, necessários para compor os nossos inconfundíveis Grands Crus.

O Fornecimento Responsável Tem o Melhor Sabor


A nossa abordagem requer outro nível de seletividade no que diz respeito à sustentabilidade do cafeeiro e do mundo do café em geral.

Para abordar a questão do futuro do café, criámos o Programa AAA para a Qualidade Sustentável da Nespresso em 2003, em conjunto com a organização sem fins lucrativos Rainforest Alliance. Esta abordagem permite à Nespresso salvaguardar o futuro fornecimento de café de qualidade mais elevada do mundo, pagando aos produtores receitas maiores e protegendo o meio ambiente. Mas o nosso compromisso vai para além disso; é um relacionamento de longo prazo e permanente lealdade para com os produtores de café que aderem ao programa.

CHRIS WILLEChefe da Rainforest Alliance

O nosso sistema de certificação tem um impacto positivo para milhares de produtores, famílias e o meio ambiente.

Nespresso está comprometida com:

Qualidade

A melhor qualidade do café

Sustentabilidade

O meio ambiente

Produtividade

Um relacionamento de longo prazo com os nossos produtores

Colheita de Qualidade dos melhores terroirs

O fruto da árvore Coffea Rubiaceae, o café cresce entre os trópicos de Capricórnio e Câncer.

Tal como o vinho, o bom café adquire as suas características do seu terroir: o resultado da harmonia entre solo, condições meteorológicas, variedade, aspeto e altitude. Chamamos ao fruto da árvore uma "baga", pela sua exuberante cor vermelha quando madura e a sua forma de baga. Tal como acontece com qualquer fruto, o café tem melhor sabor quando é colhido perfeitamente maduro.

JUAN DIEGO E O SEU PAIAGRÓNOMO DESDE 1982 NA COSTA RICA

No nosso Programa AAA para a Qualidade Sustentável, aprendemos juntamente com os nossos produtores sobre como melhorar as suas explorações de café. Em última análise, são os produtores quem melhor conhece os seus cafeeiros.

O café é uma baga

Bagas da mesma árvore amadurecem a ritmos diferentes e, portanto, devem ser colhidas em momentos diferentes. A fim de escolher apenas os frutos corretamente amadurecidos, a maioria dos cafés utilizados para Grands Crus Nespresso são colhidos à mão. Embora se torne mais caro em termos de tempo e dinheiro, isto garante a melhor qualidade, pois as bagas demasiados maduras ou verdes são eliminadas.

Como uvas para vinho

Derivado da palavra francesa "terre" (solo), terroir designa uma região definida em que os ambientes de cultivo são de semelhante altitude, composição do solo e clima (temperatura, precipitação, sol, humidade, etc.).

Solo

Altitude

Latitude

Precipitação

Sol

Seleção de café incomparável


Quanto melhor a classificação, mais consistentes são as bagas... mais homogénea é a torrefação, e em última análise, mais equilibrada é a chávena.

Salvaguardar a qualidade em todas as etapas da viagem de um café, desde a exploração agrícola até à chávena, requer sistemáticos controlos físicos e de sabor: antes do embalamento do café na origem, antes do transporte por via marítima ou aérea e novamente, após a chegada à Europa. Os testes de degustação (ou "chávena") garantem que apenas o melhor e mais limpo café é selecionado.

Nespresso

Para cada um dos seus Grands Crus, a Nespresso seleciona apenas alguns dos melhores grãos do mundo.
Tal como um perfumista conhece as harmonizações dos seus ingredientes, também os nossos mestres misturadores criam composições aromáticas.

Desenvolvemos os nossos Grands Crus numa composição de mistura, muito semelhante a uma forma de alquimia mágica. O painel de degustadores da Nespresso é intensivamente formado, testado, certificado e re-certificado a cada 3 meses para a sua habilidade de identificar qualidade. A avaliação sensorial olha para além dos atributos físicos, ligando sabor a variedade, terroir e cuidados no cultivo.

Na Suíça, desenvolvemos os nossos Grands Crus numa composição de mistura, muito semelhante a uma forma de alquimia mágica. Selecionamos origens de café específicas pelas suas características únicas, (aroma, sabor, corpo, etc.), combinando os componentes em proporções destinadas a aumentar o seu destaque individual. Tal como um perfumista conhece as harmonizações dos seus ingredientes, também os nossos mestres misturadores compreendem a transformação de fragrâncias e sabores. Tendo passado mais de 25 anos a aperfeiçoar estas competências, a criação da qualidade Nespresso é magistral, não uma coincidência.

A mistura subtil de variedades revela uma riqueza de sabores, cada um contribuindo com características notáveis. As duas principais espécies de café cultivadas para uso comercial, Arábica e Robusta, trazem características distintas à mistura. Cafés de ambos os tipos devem passar por testes padrão físicos, sensoriais e sustentáveis do mais alto nível. Onde o Arábica traz subtileza, acidez, clareza e elegância à chávena, o Robusta adiciona densidade, corpo, textura e aromas de puro café. A Nespresso utiliza entre 90 % a 95 % de Arábicas com alguns Robustas, tanto para adicionar força a Grands Crus selecionados ou criar personalidades únicas em outros.

Torrefação específica de terroir para aromas específicos


A torrefação e a moagem são estágios vitais para a criação de um Grand Cru, dado que é onde revelamos o pleno sabor e potencial aromático dos grãos de café verde.

Uma correta torrefação depende da determinação do tempo, temperatura e outros parâmetros mais adequados para uma mistura, permitindo assim que as características da origem sejam plenamente expressas. Enquanto uma torrefação pobre pode arruinar o melhor café, a técnica especializada obtém o melhor de cada ingrediente, equilibrando as características específicas da origem e permitindo que cada café revele a sua personalidade única. Por esta razão, a Nespresso desenvolve um perfil de torrefação específico para cada mistura.Dependendo da técnica de torrefação empregada, o mesmo café pode adquirir resultados imensamente diferentes na chávena. Ao conhecer o carácter dos nossos grãos, torramos cada um com o objetivo de otimizar e maximizar o seu sabor. Origem, tipo, expedição, lote... todas estas variáveis têm impacto na torrefação. O nosso conhecimento especialista assegura consistência chávena após chávena, ano após ano, independentemente de flutuações sazonais.

Moagem por medida para ótimas extrações


Em última análise, a moagem é o que permite a libertação dos aromas de café, sendo um passo crítico para oferecer a experiência de um Grand Cru. O domínio da técnica de moagem otimiza a extração, e consequentemente, a qualidade final em chávena. Como os vários tipos de café ou mistura são extraídos de forma diferente, o nosso método de moagem é variado, altamente individualizado e configurado para a melhor qualidade em chávena de cada Grand Cru.

Capturar frescura: salvaguardando aromas para a sua chávena


Frescura à parte, o alumínio é infinitamente reciclável. O departamento de Investigação & Desenvolvimento da Nespresso tinha por objetivo assegurar que o material escolhido não apenas conserva os aromáticos que trabalhamos tão intensamente para garantir, mas que também é ecologicamente eficaz. Em comparação com a produção de alumínio primário, a reciclagem de produtos de alumínio consome apenas 5 % da energia e emite 5 % dos gases com efeito de estufa.

A Nespresso criou a cápsula de alumínio hermeticamente selada como a melhor maneira de conservar a frescura.

As cápsulas de alumínio foram concebidas pela sua capacidade de barreira completa que protege os cerca de 900 aromas voláteis do café. Este método de selagem impede a oxidação e garante a frescura para uma chávena ideal. A partir da conclusão da torrefação em diante, todo o processamento é feito numa atmosfera controlada, de modo que nenhum oxigénio atinja o café destinado a encapsulamento. O material também foi escolhido porque é infinitamente reciclável e, assim, não só mantém a integridade da qualidade e sabor, como também não é um recurso utilizável apenas uma vez. Comparado com a produção de alumínio primário, a reciclagem de produtos de alumínio consome apenas 5 % da energia e emite 5 % dos gases com efeito de estufa. Como parte da nossa visão, a Nespresso já implementou a recolha de cápsulas usadas, com capacidade para reciclar mais de 80 % no final de 2013, alcançando a nossa meta um ano mais cedo do que o planeado.

Na etapa final de qualidade para o cliente, a extração, o sistema de qualidade abrangente da Nespresso garante que a cápsula final interage com a máquina de forma a extrair todos os sabores que foram tão cuidadosamente procurados, selecionados, torrados, moídos e embalados... por outras palavras, para servir como a derradeira expressão de tudo o que aconteceu até ao momento. Os nossos sistemas de preparação do café operam à temperatura, quantidade e pressão de água adequadas para cada conceção de Grand Cru, de forma a fornecer a nossa qualidade prometida em cada chávena.

Uma seleção de Grands Crus

  • Intenso
  • Espresso
  • Lungo
  • Pure Origin
  • Decaffeinato
  • Variations

Estas múltiplas misturas apresentam uma variedade de características intensas, melhor apreciadas numa chávena pequena, de 25 ml (ristretto) ou de 40 ml (espresso).

  • Kazaar

    Mistura audaciosa de dois Robustas do Brasil e da Guatemala especialmente preparados para a Nespresso e de um Arábica da América do Sul torrado separadamente, Kazaar é um café de uma intensidade excecional. O seu intenso amargor e notas a pimenta são equilibradas por uma textura densa e cremosa..

  • Dharkan

    Esta mistura de Arábicas da América Latina e Ásia revela o seu carácter graças a um longo processo de torrefação a baixas temperaturas. A sua forte personalidade revela notas intensamente torradas a cacau em pó amargo e a cereais torrados, que se exprimem numa textura suave e aveludada.

  • Ristretto

    Mistura de Arábicas da América do Sul e de África Oriental, com um toque de Robusta que, torrados separadamente, fornecem uma subtil nota frutada a este espresso intenso e encorpado.

  • Arpeggio

    Puro Arábica da América do Sul e Central, intensamente torrado, o Arpeggio possui um carácter intenso e um corpo denso, reforçados por notas a cacau.

  • Roma

    Equilíbrio entre Arábicas da América Central, do Sul e Robusta, ligeiramente torrados, Roma revela doces notas torradas e amadeiradas, preservando o corpo e persistência no palato.

Quatro misturas exploram a variedade de sabores apresentados num estilo suave, corpulento e equilibrado, para ser apreciado numa chávena de 40 ml (espresso).

  • Livanto

    Puro Arábica da América do Sul e da América Central, o Livanto é um espresso muito equilibrado. Distingue-se por uma nota torrada e caramelizada.

  • Capriccio

    Mistura de Arábicas da América do Sul com um toque de Robusta, Capriccio é um espresso com um aroma rico e uma característica nota a cereais.

  • Volluto

    Um Arábica da América do Sul puro e ligeiramente torrado, o Volluto revela notas doces a biscoitos, reforçado por uma ligeira acidez e notas frutadas.

  • Cosi

    Arábicas puros, ligeiramente torrados da África Oriental, América Central e do Sul, fazem do Cosi um espresso de corpo suave com refrescantes notas cítricas.

Três Grands Crus que oferecem uma ampla gama de perfis de degustação e intensidades, especificamente concebidos para serem apreciados numa chávena grande de 110 ml.

  • Fortissio Lungo

    Tal como no tempo dos navios à vela, os grãos de café indiano Arábica Malabar da Monção são expostos aos ventos de monção após a colheita, para revelarem um perfil aromático distinto e rico com notas a cereais. Misturamos estes grãos com Árabicas da América Latina para criar um lungo com um carácter verdadeiramente intenso.

  • Vivalto Lungo

    Mistura complexa entre Arábicas da América do Sul e da África Oriental, torrados separadamente, Vivalto Lungo é um café equilibrado que combina notas torradas com subtis notas florais.

  • Linizio Lungo

    Suave e encorpado no palato, Linizio Lungo é uma mistura composta por finos Arábicas que se afirma pelas suas notas a malte e a cereais.

Três Espressos (40 ml) e um Lungo (110 ml), com personalidades únicas e marcantes. Cada um aprovisionado pelos Especialistas em Café da Nespresso de um único país de origem, em territórios especialmente selecionados.

  • Indriya from India

    Indriya from India é o casamento nobre de Arábicas com um toque de Robusta do sul da Índia. É um espresso encorpado, com uma personalidade distinta e notas a especiarias.

  • Rosabaya de Colombia

    Esta mistura de Arábicas da Colômbia, torrados separadamente, desenvolve uma fina acidez com típicas notas a frutos vermelhos, evocando alguns aromas vinícolas.

  • Dulsão do Brasil

    Um puro Arábica do Brasil, Dulsão do Brasil é uma mistura delicada de grãos Bourbon vermelho e amarelo do Brasil. Distingue-se pelo seu carácter aveludado, elegantemente equilibrado com delicadas notas torradas.

  • Bukeela ka Ethiopia

    Composto por dois Arábicas muito distintos da Etiópia, o berço do café, este lungo Pure Origin com uma delicada frescura floral revela surpreendentes notas selvagens a madeira e almíscar.

Verdadeiros cafés Nespresso, cada um com o seu próprio aroma rico e caracteres naturais preservados durante o processo de descafeinização.

  • Arpeggio Decaffeinato

    Puros Arábicas da América do Sul e América Central, muito torrados, o Arpeggio Decaffeinato possui um caráter forte, um corpo intenso e notas a cacau.

  • Volluto Decaffeinato

    Uma mistura de Arábicas da América do Sul puros e ligeiramente torrados conferem ao Volluto Decaffeinato notas adocicadas a biscoitos, reforçadas por um toque de acidez e notas frutadas.

  • Vivalto Lungo Decaffeinato

    Vivalto Lungo Decaffeinato é um café descafeinado equilibrado que preserva de forma perfeita a complexidade do processo de torrefação individual dos Arábicas da América do Sul e da África Oriental, combinando subtis notas florais com notas torradas.

  • Decaffeinato Intenso

    Arábicas da América do Sul fortemente torradas com um toque de Robusta, revelam subtis notas a cacau e cereais torrados deste espresso descafeinado encorpado.

Três variações gourmet do Livanto Grand Cru, aromatizado com aromas naturais de delicadeza excecional. Melhor apreciado numa chávena curta, de 40 ml.

  • Vanilio

    Uma combinação equilibrada entre os aromas ricos e aveludados da baunilha e o aroma suave do Grand Cru Livanto. Uma mistura que se distingue pelo seu aroma pleno, infinitamente suave e sedosa no palato.

  • Ciocattino

    Encontro das notas a chocolate negro amargo com a torrefação caramelizada do Grand Cru Livanto. Uma combinação rica que evoca um quadrado de chocolate negro.

  • Caramelito

    O doce aroma do caramelo suaviza as notas torradas do Grand Cru Livanto. Uma combinação gourmet delicada que evoca a cremosidade do caramelo.

A qualidade não conhece atalhos, a qualidade é intransigente, a qualidade não ocorre por acaso.
Descubra os nossos Grands Crus